domingo, 25 de dezembro de 2011

AMEAÇA DE NOVA GUERRA NAS MALVINAS

Ilhas Malvinas, no verão

INGLATERRA AFIRMA QUE NUNCA NEGOCIARÁ AS ILHAS MALVINAS

“Em uma mensagem de Natal dirigida aos habitantes das Malvinas, divulgada na sexta-feira (23) no Reino Unido, o primeiro-ministro David Cameron afirmou que “nunca” negociará a soberania desse território [que lá é chamado de Ilhas Falkland] com a Argentina, a menos "que seus moradores queiram". “Nenhuma democracia pode proceder de outra maneira”, disse o premiê britânico.

[OBS deste blog ‘democracia&política’: David Cameron demonstra o tradicional arrogante humor sarcástico inglês. Depois da invasão, tomada das ilhas e expulsão dos argentinos em 1833, é óbvio que a população das Ilhas Malvinas, em sua maioria composta de funcionários e militares do Reino Unido e suas famílias, ao serem perguntados em plebiscito se querem ser ingleses ou argentinos responderão que querem continuar ingleses. Seria a mesma coisa que perguntar aos colonos dos assentamentos israelenses construídos nas terras palestinas invadidas se eles querem continuar israelenses ou passarem a ser palestinos. Obedecer ao resultado desses plebiscitos não significará nobre “respeito à democracia” e ao sagrado “direito de autodeterminação”. Essa manifestação “democrática” da população invasora não dá o direito de permanecer nas terras invadidas].

"A Argentina continua com esforços injustificados e contraproducentes para impedir a navegação marítima ao redor das ilhas e para impedir que os empresários levem a cabo um comércio legítimo", afirmou Cameron, complementando que seu governo quer ter uma relação “construtiva” com o país sul-americano, mas que a atitude argentina referente às Malvinas é “inaceitável”.

Segundo ele, o Reino Unido “não pode aceitar” que a autodeterminação dos habitantes das Malvinas esteja sendo desafiada. “As ameaças de cortar a comunicação entre as ilhas e seus vizinhos da América do Sul só prejudicam quem as impulsiona”, criticou Cameron, em resposta à decisão dos países do Mercosul (Argentina, Uruguai, Brasil e Paraguai, apesar de este último não ter litoral) de impedir a passagem de barcos “com a bandeira ilegal das Malvinas”, ocupadas pelo Reino Unido desde 1833.

[AMEAÇA DE OS INGLESES COMEÇAREM NOVA GUERRA]

Na última quinta-feira (22), o jornal britânico “Daily Mail” revelou que o Reino Unido está “tirando a poeira de seus planos de defesa” nas Malvinas, mais de 30 anos depois do fim da guerra com a Argentina. Uma fonte militar afirmou ao jornal que os britânicos contam com uma ‘força decente de ataque para proteger as ilhas, o que estava ausente em 1982 [ano da guerra], e as Forças Armadas argentinas não se recuperaram adequadamente da ‘paulada’ que receberam na última vez’.”

Complentação deste blog 'democracia&política':

DOCUMENTÁRIO SOBRE A GUERRA DAS MALVINAS




http://www.youtube.com/watch?NR=1&v=icb8wXJPxsM

FONTE: divulgado pela agência espanhola de notícias EFE e transcrito no portal “Vermelho”  (http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=171828&id_secao=7) [título, imagem do Google, trechos entre colchetes e vídeo adicionados por este blog ‘democracia&política’].

6 comentários:

Probus disse...

Quá quá quá quá quá quá

Como os PIRATAS SANGUINÁRIOS RACISTAS SEGREGADORES FASCISTAS BRETÕES vão SUPORTAR uma GUERRA COMERCIAL contra o MERCOSUL/UNASUL ???????????? Guerra a base de PÓLVORA é uma coisa... Guerra a base de CORTE de RELAÇÕES COMERCIAIS, é OUTRA. EMERGENTES versus FALIDOS, qual será o resultado?????? Quá quá quá quá quá quá

E, a TURQUIA já enviou um Cartão Natalino pro XENÓFOBO GENOCIDA Sarkozy... Quá quá quá quá quá quá
"Falta" só "nóis" Quá quá quá quá quá quá

Ai ai ai ui ui ui a CARNICEIRA Beth II e sua GANG BILDERBERGs vão pedir PENICO... Quá quá quá quá quá quá

A reconquista soberana Latino Americana começará nas MALVINAS e, TERMINARÁ nos TERRITÓRIOS OCUPADOS do CARIBE.
PANAMÁ, COSTA RICA, PARAÍSOS FISCAIS, esperem por "nóis"!!!

"...O medo dá origem ao mal. O homem coletivo sente a necessidade de lutar.
O orgulho, a arrogância, a glória, enchem a imaginação de domínio. São demônios, os que destroem o poder bravio da humanidade."

Viva Zapata! Viva Sandino! Viva Zumbi, Antônio Conselheiro, todos os Panteras Negras, Lampião(sua imagem e semelhança), eu tenho certeza, eles também cantaram um dia."

Viva Simon Bolivar!!!

Viva Abreu e Lima!!!

Viva Néstor Carlos Kirchner!!!

Viva Luiz Inácio LULA da Silva!!!

Viva Fidel Alejandro Castro Ruz!!

Viva Hugo Rafael Chávez Frias!!!

Liberdade, soberania e justiça para os povos latinos!!!

"Galeguinho do Coque" não tem mais medo da "Perna Cabeluda".

"Vim aqui só pra dizer, ninguém há de me calar, se alguém tem que morrer que seja pra melhorar!!
Tanta vida pra viver, tanta vida a se acabar, com tanto pra se fazer, com tanto pra se salvar... você, que não me entendeu não perde por esperar."

(Réquiem para Matraga / Geraldo Vandré)

Probus disse...

Há um tempo atrás se falava de bandidos

Há um tempo atrás se falava em solução

Há um tempo atrás se falava e progresso

Há um tempo atrás que eu via televisão

Galeguinho do Coque não tinha medo, não tinha, não tinha medo da perna cabiluda

Biu do olho verde fazia sexo, fazia
Fazia sexo com seu alicate

Ói, sobe morro, ladeira, córrego, beco, favela... a polícia atrás "deles" e "eles" no rabo dela. Acontece hoje e acontecia no sertão
Quando um bando de macaco perseguia Lampião, e o que ele falava outros hoje ainda falam: Eu carrego comigo coragem, dinheiro e bala

Em cada morro uma história diferente, que a polícia mata gente inocente. E quem era inocente hoje já virou bandido pra poder comer um pedaço de pão todo fodido

Banditismo, por pura maldade
Banditismo, por necessidade
Banditismo, por uma questão de classe!

Chico Science e Nação Zumbi - Monólogo ao Pé do Ouvido + Banditismo Por uma Questão de Classe

http://www.youtube.com/watch?v=fz13_ZjDs2M

Probus disse...

"...Quase não há saída. Mas há saída, é claro: basta todos nos empenharmos em resistir contra o fascismo hipnótico que há nas frases que só se repetem, sem outra fonte de legitimação que não seja o fato de aparecerem impressas em jornais ou de ditas por televisão.

A Vila Vudu trabalha na direção de aprender a resistir contra todos os discursos midiáticos de fascistização e de uniformização de opiniões.

Dizer que desejamos aprender a resistir contra TODOS os discursos de fascistização e de uniformização das opiniões significa também que desejamos aprender a resistir contra os discursos de defesa nacionalista dos palestinos. Somos contra todos os nacionalismos que sejam filhos da ideia de estado-nação.

Mas respeitamos o amor (mas sem paranóias identitárias) à terra em que se nasce. Na América Latina, a terra onde nascemos é a Pachamama; não é Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai etc. Nenhum nacionalismo associado a estado-nação nos interessa ou mobiliza.

Somos tão contra os nacionalismos quanto somos contra o sionismo (que é um nacionalismo, além de ser um fascismo, que também é um nacionalismo).

A Vila Vudu fez a opção de sempre defender o discurso DOS pobres quando falam, eles mesmos. (Não temos nenhuma simpatia por ricos que se metam a falar pelos pobres).

A Vila Vudu também fez a opção de sempre defender a RESISTÊNCIA dos pobres contra os poderes arrogantes dos ricos.

O Irã resiste aos poderes arrogantes do ocidente? Estamos com o Irã.

O Hamás resiste contra os poderes arrogantes dos israelenses sionistas? Estamos com o Hamás.

O Hezbollah resiste contra os poderes arrogantes da “entidade sionista” arrogante? Estamos com o Hezbollah.

Gaddafi, da Líbia, resiste contra todos os poderes arrogantes de EUA-OTAN? Estamos com Gaddafi.

O MST resiste contra os poderes arrogantes do latifúndio no Brasil? Estamos com o MST.

A resistência islâmica resiste contra o terrorismo dos arrogantes EUA e Europa católicos e protestantes ou laicos? Estamos com a resistência islâmica.

Os piratas da Somália resistem contra os poderes arrogantes do ocidente que jogam lixo atômico nos mares da Somália? Estamos com os piratas da Somália.

Trabalhamos apaixonadamente na defesa dos palestinos, não por qualquer tipo de nacionalismo, mas exclusivamente por solidariedade política, porque os palestinos resistem há 60 anos contra a ocupação por Israel-EUA – e Israel-EUA é, hoje, a encarnação político-econômico-midiático-capitalista dos poderes arrogantes do ocidente.

A Vila Vudu NÃO GOSTA de discursos ditos “éticos”, nem, e ainda menos, de discursos ditos “ecológicos”, “feministas”, “pacifistas” nem, no geral os discursos ditos “democráticos” fundamentalistas burros à moda das Donas Danuzas."

http://redecastorphoto.blogspot.com/2011/07/israel-e-estrela-do-livro-do-terrorista.html

Política disse...

Probus,
Muito bons e pertinentes comentários.
Obrigada
Maria Tereza

M60 disse...

COMO DIZIA O CÉLEBRE PAULO FRANCIS, O ÚNICO PAÍS EM QUE SE LEVA O COMUNISMO A SÉRIO É NO BRASIL...POBRE POVO, QUE CONTINUA LUDIBRIADO E CEGO, GUIADO POR MEIA DUZIA DE TERRORISTAS E BANDIDOS, QUE LUTARAM E FIZERAM HORRORES DURANTE O REGIME MILITAR, E AGORA ESTÃO NO PODER. O BRASIL É HOJE UMA MENTIRA DESLAVADA, SUSTENTADA POR UM FALSO CRESCIMENTO, COM ÍNDICES CRIADOS A BASE DE BOLSA ISSO E BOLSA AQUILO, PELAS QUAIS A QUADRILHA DE ESQUERDA QUE TOMOU O PODER, VAI ENGANANDO O IGNORANTE POVO, ALARDEANDO E PASMEM, DEFENDENDO TERRORISTAS ANIMAIS COMO MAHMOUD AHMADINEJAD, BOÇAIS COMO CHAVES E BANDIDOS COMO OS INTEGRANTES DO MST E OUTROS BADERNEIROS, QUE ESTARIAM APODRECENDO NA CADEIA, SE O BRASIL FOSSE UM PAÍS SÉRIO. POBRE BRASIL.

Probus disse...

M60, EU encontro muitos comentários como os teus no blog do "Tio Rey" e na coluna do "GUGUterman", mas tem MUITAS opções por aí, EU, particularmente, acho que são mais a tua praia, combinam mais contigo, capiche??

"Se você não for cuidadoso os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas e, amar as que estão oprimindo."

Malcolm X